Acesso Rápido
ir direto para o conteúdo | ir direto para editorias | ver sitemap

Área do usuário

Conteúdo

//Cidade

14 de Novembro de 2011 | 12:08

Campanha Mundial do Diabetes em Petrópolis

TAG , ,
Foto: Divulgação

Redação - Notícias da Serra

A diabetes é uma doença que mata uma pessoa a cada 8 segundos, e não discrimina entre jovens ou idosos, pobres ou ricos, homens ou mulheres.  É uma epidemia mundial, cujo dia (14/11) é divulgado em todo o mundo, envolvendo mais de 200 associações em 160 países.

Para apoiar a iniciativa, a Coordenação de Programas de Saúde Pública da Secretaria Municipal de Saúde de Petrópolis promove palestras, campanhas informativas e atividades para crianças e adultos, portadores ou não do diabetes, a partir do dia 14.

Segundo a Dra. Adriana de S. Thiago Papinutto, Coordenadora do Programa de Diabetes no município, “a doença já afeta cerca de 246 milhões de pessoas em todo o mundo” – 6.629 delas em Petrópolis, cadastradas no Sistema Único de Saúde (SUS).

- A estimativa é que, até 2025, esse número aumente para 380 milhões. No Brasil, a ocorrência média de diabetes na população adulta (acima de 18 anos) é de 5,2%, o que representa 6,4 milhões de pessoas.

Investir em uma alimentação rica em fibras e em atividades físicas é a receita para prevenir uma das principais causas de mortalidade, insuficiência renal, doenças cardiovasculares e cegueira no mundo. Pessoas acima de 45 anos, com sobrepeso e hipertensão arterial devem ficar ainda mais atentas.

Sede excessiva, rápida perda de peso, fome exagerada, cansaço inexplicável, muita vontade de urinar e má cicatrização são alguns dos sintomas que, quando aparecem ao mesmo tempo, podem indicar o surgimento da doença. Neste caso, um médico deve ser consultado para orientar os exames adequados.

 

Epidemia Mundial

Em 14 de novembro é comemorado o Dia Mundial do Diabetes, data definida pela Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês), entidade vinculada à Organização Mundial de Saúde (OMS) e introduzida no calendário em 1991, como resposta ao alarmante crescimento da doença em todo o mundo.

Em 2007, a Assembléia-Geral da ONU aprovou uma resolução considerando o diabetes um problema de saúde pública e conclamando os países a divulgarem esse dia como forma de alerta, e os governos a definirem políticas e suporte adequados para os portadores da doença.

No mesmo ano entrou em vigor, no Brasil, a Lei nº 11.347/2006, que dispõe sobre “a distribuição gratuita de medicamentos, e materiais necessários à sua aplicação, para o tratamento de portadores de diabetes”, reforçando a garantia constitucional do Sistema Único de Saúde (SUS) de atendimento universal e equânime.

A Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) ampliou o período oficial por uma semana, durante a qual são realizadas várias campanhas e ações em todo o Brasil. Para a campanha de 2011, dois temas foram escolhidos por votação popular: “O diabetes não discrimina”; e “Uma pessoa morre a cada 8 segundos”.

 

Programação em Petrópolis

Dia 16/11/2011 às 16h – Mesa redonda: “Viver bem com o diabetes”

Local: Auditório do Hospital Alcides Carneiro – Corrêas

Público-alvo: portadores de diabetes

 

Dia 18/11/2011 – das 9h às 16h – Campanha em Petrópolis

Local: Praça D. Pedro e Praça de Corrêas

Atividades: exibição de cartazes e vídeos, medição da glicose no sangue, distribuição de folhetos informativos, jogos e brincadeiras para as crianças.

 

Mais informações:

http://diamundialdodiabetes.org.br

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1457

http://www.diabetes.org.br/

Comente!

Captcha