Acesso Rápido
ir direto para o conteúdo | ir direto para editorias | ver sitemap

Área do usuário

Conteúdo

//Cidade

04 de Fevereiro de 2013 | 14:32

Sicomércio comemora restrição a carretas na BR-040

TAG , ,

Redação - Notícias da Serra

O Sicomércio – Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis – comemorou a iniciativa da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) de restringir a passagem de caminhões na serra de Petrópolis a partir do próximo dia 8. A medida atende – mesmo que parcialmente – à solicitação feita pelo Sindicato ao Secretário Estadual de Transportes, Júlio Lopes, em dezembro de 2011.

 

“Na ocasião, encaminhamos ofício sugerindo que a restrição acontecesse aos sábados, entre 8h e 13h, e nos demais dias da semana, entre 18h e 22h, com o intuito de atender habitantes e visitantes. Entendemos que a medida tomada pela ANTT é paliativa, mas é um primeiro passo”, declarou o presidente Marcelo Fiorini, lembrando o apoio recebido do vereador Maurinho Branco, do secretário Júlio Lopes e do deputado estadual Bernardo Rossi em busca de uma solução para os problemas frequentes de congestionamentos na serra.

 

Para ele, quem não apoia a restrição aos caminhões com três eixos ou mais em horários de grande movimento às sextas, sábados e vésperas de feriado, não apoia a cidade. “Teremos um benefício imediato, facilitando a viagem de quem vem movimentar a economia da cidade. A medida terá impacto imediato no comércio, na rede hoteleira e nos restaurantes de Petrópolis, que estavam sofrendo com o esvaziamento turístico”, afirmou.

 

Fiorini afirmou ainda que é preciso um esforço conjunto para apoiar a medida e trabalhar pela duplicação da pista de subida: “Sabemos que a solução definitiva é a duplicação e vamos continuar brigando pela realização da obra. Enquanto isso, vamos trabalhar para que a restrição aos caminhões aconteça durante toda a semana”.

 

Ele declarou ainda que a restrição exigirá, apenas, uma mudança de hábito para os caminhoneiros. “Eles terão que se adequar como acontece em qualquer cidade em que há restrições”, ponderou o presidente, citando a Ponte Rio- Niterói e São Paulo. 

Comente!

Captcha