Acesso Rápido
ir direto para o conteúdo | ir direto para editorias | ver sitemap

Área do usuário

Conteúdo

//Eventos

21 de Maro de 2017 | 19:45

Duo Santoro e Ana Letícia Barros apresentam em Teresópolis

TAG 
DuoSantoro e AnaLeticiaBarros - Stefano Aguiar

Redação

No próximo sábado, dia 25 de março, às 20h, o Centro Cultural Feso Pro Arte, em Teresópolis, será palco do encontro de dois violoncelos com a percussão brasileira. Com entrada franca, o Duo Santoro, Paulo e Ricardo Santoro, vai apresentar com Ana Letícia Barros (percussão) o concerto “Do Clássico à Bossa Nova”, com obras de Villa-Lobos (as bachianas brasileiras “Prelúdio”, “Cantinela” e “O Trenzinho do Caipira”), Ernesto Nazareth (“Brejeiro”), Adriano Giffoni (“Sandrino no Choro”), Tom Jobim (“Luiza”, “Dindi” e “Chega de Saudade”), Sivuca (“Feira de Mangaio”) e Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira (“Asa Branca”, “Baião”). O concerto marca a abertura da Série de Concertos de Gala 2017, e terá ainda a participação especial do Coral do CCFP e da Oficina de Poesia e Criação.

Os gêmeos violoncelistas iniciaram os estudos musicais com o seu pai, o contrabaixista Sandrino Santoro. Em 1989, graduaram-se pela Escola de Música da UFRJ com nota máxima e dignidade acadêmica Magna Cum Laude, e hoje são mestres pela UFRJ e UNIRIO. Pertencem aos quadros da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Orquestra Sinfônica da UFRJ, onde já se apresentaram várias vezes como solistas, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como trios, quartetos e outros duos.

Considerado "um dos maiores sucessos da música erudita brasileira" pelo Jornal O Globo, o Duo Santoro é um dos conjuntos mais elogiados pela crítica especializada. Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país. Seus recitais incluem um leque eclético de estilos, que vai do erudito ao popular. Nas comemorações dos seus vinte anos, se apresentaram em praticamente todo o Brasil e na República Dominicana, coroando o ano com um recital no famoso Carnegie Hall de Nova York. Em 2013, lançaram o seu primeiro CD, “Bem Brasileiro”, totalmente dedicado a compositores brasileiros do século XX e contemporâneos, obtendo grande repercussão na imprensa nacional e internacional.

Já Ana Letícia Barros é Professora de Percussão e Música de Câmara da UNIRIO. Doutora e Mestre em Música pela UNIRIO, realizou seu Bacharel em Percussão no Conservatório Brasileiro de Música e sua licenciatura em música também pela UNIRIO. Participa ativamente como colaboradora do projeto "Yamaha Orquesta Latinoamericana de Vientos", sendo responsável pela seleção anual do naipe de percussão do projeto. Foi professora de percussão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, como coordenadora do Grupo de Percussão da UFRJ, participou do V Encontro Latino Americano de Percussão. Como solista, já atuou nas seguintes orquestras: Orquestra Latino Americana de Sopros (OLV-Yamaha), Orquestra de Sopros da Universidade da Georgia (EUA), Orquestra Brasileira de Sopros, Orquestra Bachiana Brasileira, Camerata Rio De Janeiro, Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, Orquestra de Cordas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Orquestra de Cordas de Volta Redonda, Banda Sinfônica de Volta Redonda, entre outras. Participa também ativamente das Bienais de Música Contemporânea Brasileira, organizadas pela FUNARTE, estreando diversas obras brasileiras da atualidade. Desde 1999 atua regularmente como percussionista convidada nas temporadas das principais orquestras do Rio de Janeiro, tais como: Orquestra Sinfônica Brasileira, Companhia Bachiana Brasileira, entre outras.

25/03, sábado – Duo Santoro e Ana Letícia Barros apresentam “Do Clássico à Bossa Nova”

Local: Centro Cultural Feso Pro Arte

Horário: 20h

Endereço: Rua Gonçalo de Castro 85 - Alto, 25960-090 Teresópolis

Entrada Franca

Informações: (21) 2644-5770

centrocultural@unifeso.edu.br

Programa:

HEITOR VILLA-LOBOS -  Bachianas Brasileiras nº 4 (Prelúdio)

HEITOR VILLA-LOBOS -  Bachianas Brasileiras nº 5 (Cantilena)

HEITOR VILLA-LOBOS -  Bachianas Brasileiras nº 2 (O Trenzinho do Caipira)

ERNESTO NAZARETH -  Brejeiro

ADRIANO GIFFONI -  Sandrino no Choro

TOM JOBIM - Luiza

TOM JOBIM -  Dindi

TOM JOBIM - Chega de Saudade

SIVUCA - Feira de Mangaio

LUIZ GONZAGA/HUMBERTO TEIXEIRA - Asa Branca/Baião

Comente!

Captcha