Acesso Rápido
ir direto para o conteúdo | ir direto para editorias | ver sitemap

Área do usuário

Conteúdo

//Cultura

11 de Setembro de 2009 | 15:55

Sociedade de Amigos do Museu Imperial elege novos membros

TAG , , , , , ,
Novos membros da SAMI

Durante uma cerimônia solene na Sala da Batalha de Campo Grande, realizada na última sexta-feira (04/09), tomou posse a nova diretoria da Sociedade de Amigos do Museu Imperial. O objetivo da instituição é apoiar e fomentar as atividades desenvolvidas pelo Museu petropolitano por meio da captação de recursos para o patrocínio de projetos.

“Temos nos empenhado para retomar a relação cordial e fraterna do Museu Imperial com a sua Sociedade de Amigos. Nesse sentido, a recomposição da diretoria ampliou a representação nacional da entidade, ao mesmo tempo em que consolidou seu vínculo com a cidade de Petrópolis", comentou o diretor do Museu Imperial, o historiador Maurício Vicente Ferreira Junior, ressaltando que a nova diretoria trará novos projetos e novos sócios para a sociedade.

Maurício destacou que uma das parcerias mais importantes será a retomada do Projeto de Digitalização e Acessibilidade do Acervo do Museu Imperial - patrocinado pela IBM -, fundamental para a preservação e disponibilidade do acervo do Museu para pesquisadores, estudantes e demais usuários interessados, garantindo o acesso ao acervo histórico e artístico preservado no antigo Palácio Imperial de Petrópolis.

Na nova diretoria, que tem mandato de quatro anos, estão personalidades nacionais, mas que possuem forte ligação com a cidade. O desembargador Miguel Pachá foi eleito presidente; vice-presidente, o presidente da GE Celma, Marcelo Soares; diretora secretária, Maria Pia Rocha Miranda; diretor tesoureiro, o presidente da Fundação d.Cintra, Paulo Monteiro Cerqueira; e diretora cultural, Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves.

“Recebi com muito bom grado a presidência da sociedade. Sou petropolitano, aqui me elegi vereador e advoguei. Nosso objetivo é auxiliar a administração do Museu, cujo nome está ligado a esta cidade, a aumentar o sentimento entre os cidadãos de que este é o nosso Museu. Este é mais um desafio que assumo. Tenho certeza de que este grupo prestará um relevante serviço”, declarou o desembargador Miguel Pachá.

D. Pedro Carlos de Bourbon Orleans e Bragança passa a ocupar o lugar que foi de seu pai como presidente de honra da Sociedade: “É uma grande honra participar deste conselho. Fico muito grato pela confiança. Tentarei fazer o máximo - não só eu como toda a família - para colaborar com este espaço que todos nós aprendemos a amar”, disse.

O conselho consultivo terá ainda d. Antonio de Orleans e Bragança; o desembargador Antonio Isaias da Costa Abreu; o advogado e ex-presidente da Sociedade, Carlos Maximiano Mafra de Laet; o arquiteto Chicô Gouveia; o diretor-presidente da Editora Vozes Frei Antonio Moser; a ex-secretária de Cultura do Estado do Rio, Helena Severo; o presidente da AMBEV, João Castro Neves; o advogado José Hugo Campbell Alquéres; o diretor do Petrópolis Tecnópolis, Jochen Siegfried Klemperer; empresário Luiz César Fernandes; a museóloga Margarida Ramos; o advogado e membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Victorino Coutinho Chermont de Miranda; e o advogado Vitor Rogério da Costa. E para a presidência do conselho, foi eleito o Presidente da Light, José Luís Alquéres.

O Conselho Fiscal passa a ser formado pelo reitor da Universidade Católica de Petrópolis, José Luiz Rangel Sampaio Fernandes; pelo diretor da Unimed, Carlos Eduardo de Souza Dyonisio; e pelo empresário Luiz Felipe de Castro.

Antes da posse, foi realizada a primeira Assembleia Geral Ordinária - presidida pelo então presidente do Conselho Consultivo, Roberto Paulo Cezar de Andrade - para aprovação das contas, apresentação da chapa concorrente e eleição dos novos membros.

“Os amigos do Museu realmente provaram que são amigos do Museu. A retomada das atividades da Sociedade é importante para todos nós que tanto bem queremos ao Museu Imperial”, afirmou Roberto Paulo Cezar de Andrade.

Atualmente, a sociedade possui mais de 140 sócios. Qualquer pessoa pode fazer parte da Sociedade de Amigos do Museu Imperial. Os interessados podem entrar em contato com Silmara pelo telefone 2244-7912 ou pelo e-mail sami.oscip@gmail.com. As contribuições podem ser semestrais, no valor de R$60, ou anuais, no valor de R$120.

Comente!

Captcha