Acesso Rápido
ir direto para o conteúdo | ir direto para editorias | ver sitemap

Área do usuário

Conteúdo

//Turismo

20 de Outubro de 2015 | 17:32

Congresso Regional de Cantores foi um sucesso, segundo organizadores

TAG 
(Foto: Divulgação / 3com)

Redação - Notícias da Serra

Durante quatro dias, Petrópolis foi cenário para a realização do XIV Congresso Regional dos Meninos Cantores do Brasil. Graças ao sucesso alcançado, o evento já é considerado um marco no movimento do Canto Coral. Ensaios, concertos gratuitos e muita troca de experiências fizeram parte da rotina de 275 meninos e meninas, vindos de quatro Estados.

 

De acordo com o presidente da Federação Nacional de Meninos Cantores e maestro do Coral dos Canarinhos, Marco Aurélio Lischt, o resultado foi melhor que o esperado. “O evento foi um grande sucesso. Os coros vieram com uma garra, uma vontade de cantar que foram impressionantes. Além disso, todos os depoimentos dos coralistas, maestros e outros integrantes dos Corais foram muito positivos. Esperamos que este evento fortaleça a Federação e que possamos realizar outros Congressos tão bem sucedidos quanto este”, destacou.

 

O público lotou os dois concertos realizados na Igreja do Sagrado Coração de Jesus e no Theatro D. Pedro, e a missa de encerramento, realizada na Catedral São Pedro de Alcântara. As apresentações emocionaram a plateia. O professor Cristiano Queiroz de Oliveira, morador de Petrópolis, se encantou com as apresentações de todos os corais, realizadas no Concerto de Gala do Theatro Dom Pedro. “Foi sensacional, não tenho palavras para descrever. O bacana foi a apresentação de vários corais, com estilos diferentes e um misto de conceitos muito interessante”, disse.

 

O evento também mobilizou turistas, que estavam de passagem pela cidade durante o evento. Foi o caso da moradora da cidade de Poços de Caldas (MG) Maricel Corigliano. “Vi na televisão e vim conferir. Achei maravilhoso, muito bonito! Neste momento tão difícil que vivemos, este trabalho une os jovens na música e na religião. Merece e precisa ser incentivado sempre”, opinou.

 

A organização do evento foi elogiada pelo maestro Eric Lana, do Coral dos Canarinhos de Itabirito (MG). “O Congresso teve o nível de excelência do Coral dos Canarinhos de Petrópolis, que é uma inspiração para o nosso trabalho. Tudo foi feito com muito cuidado e sentimos isso o tempo todo. Este encontro é muito importante, porque os grupos, cada um em sua realidade, se preparam o ano inteiro para este momento”, afirmou. “Isso vai ao encontro do que eles tanto buscaram durante os ensaios”, ressalta.

 

Lana ainda destacou o intercâmbio cultural, uma vez que os meninos do interior de Minas puderam conhecer a Cidade Imperial. “A cidade é linda e todos tinham uma expectativa muito grande para estar em Petrópolis. Os coralistas viveram experiências muito enriquecedoras durante toda a semana. O Congresso vai deixar saudade!”, exclamou.

 

Para a maestrina do Coral dos Meninos Cantores de Campinas (SP), Natália Larangeira, a participação no Congresso foi a realização de um sonho – para ela e para os demais integrantes. “Todos os coros estão com altíssimo nível e vieram com muita vontade de cantar. As crianças saíam do ensaio cantando e ficavam assim o dia todo. Foi ótimo conhecer o trabalho de outros maestros, fazer novas amizades e conviver com a família que nos acolheu”, disse.

 

A alegria também foi sentida pelos coralistas, como foi o caso de Ana Clara Drumond, do Coral Mosteiro de São Bento (DF). “O evento foi muito legal! Conheci pessoas novas, vozes novas... O Congresso me permitiu ampliar os horizontes e a nossa visão, ainda mais sendo realizado em uma cidade histórica, como Petrópolis”, disse. “Sou soprano, e, no Congresso, aprendi como é a voz do contralto. Foi muito enriquecedor”, afirmou.

 

A mesma sensação foi sentida por Jonatas Ferrari, integrante do coral de Campinas. “Foi a primeira vez que participei de um Congresso deste porte, e gostei bastante! Foi a oportunidade de conhecer outros coros, cantar junto e fazer novas amizades. Além disso, o evento ajuda a disseminar a cultura”, reforçou.

 

O Congresso Regional dos Meninos Cantores contou com três apresentações. A abertura foi realizada na quinta-feira (15), com um concerto dos anfitriões – os Corais dos meninos e das meninas dos Canarinhos. Na sexta-feira (16), o Concerto de Gala reuniu todos os Corais, que fizeram apresentações individuais e depois se uniram. No encerramento foi no sábado (17), com uma missa na Catedral São Pedro de Alcântara, celebrada pelo bispo diocesano Dom Gregório Paixão, que reuniu todas as vozes.

Comente!

Captcha